5 dicas poderosas para superar resfriados em bebês durante as férias

Resfriados são uma das doenças que mais frequentemente atacam os bebês a qualquer hora e em qualquer lugar, mesmo durante as férias. O tempo frio e a exposição a vírus são um dos gatilhos para resfriados em seu bebê. Se isso acontecer com seu filho, não se preocupe. Para manter as férias divertidas, existem várias maneiras de lidar com resfriados em bebês.

Dicas para lidar com resfriados em bebês de férias

As férias são momentos divertidos com a família. No entanto, quando seu bebê pega um resfriado, isso é certamente muito preocupante. Para lidar com resfriados em bebês, as mães podem fazer as seguintes maneiras:

1. Use remédio para esfregar

Quando seu filho está resfriado, as passagens nasais certamente ficarão bloqueadas. Essa condição pode dificultar a respiração e continuar a agitar. Não dê imediatamente o remédio para beber, a mãe pode tentar usar linimento (oles). O motivo é que os bebês ainda acham difícil tomar remédios diretamente pela boca.

Esfregar remédios pode ser uma solução alternativa para ajudar a aliviar os sintomas do resfriado e praticamente aquecer o corpo do seu filho durante as férias.

No entanto, não use apenas um linimento. Escolha um creme que não seja pegajoso nem gorduroso e que seja rapidamente absorvido pela pele. Além disso, procure um linimento que contenha óleo essencial porque pode aliviar vários problemas de saúde, incluindo resfriados.

Óleo essencial ou óleo essencial é um composto extraído de plantas, pode vir de flores, raízes, madeira ou sementes de frutas. Óleo essencial começa a funcionar quando aplicado na pele ou inalado diretamente. Para ajudar a aliviar a respiração, as mães podem escolher um linimento com teor de óleo eucalipto e camomila.

Citado em Healthline, óleo eucalipto é um expectorante natural para ajudar a aliviar problemas respiratórios, inclusive em bebês. Enquanto o teor de óleo camomila pode ajudar os bebês a dormirem melhor, mesmo quando estão resfriados. Para obter os benefícios diretamente, aplique este linimento no peito, nas costas e no pescoço do seu filho.

2. Bloqueie-o com um travesseiro alto enquanto dorme

Para que o seu filho possa respirar livremente, coloque uma almofada extra enquanto dorme. Este método torna a posição da cabeça mais alta do que o resto do corpo. Dessa forma, seu bebê pode respirar mais facilmente quando estiver resfriado. Isso permite que seu filho durma mais profundamente durante as férias e se recupere rapidamente.

3. Necessidades de fluidos suficientes

Quando seu filho está resfriado, as mães precisam aumentar a ingestão de líquidos. Se o seu filho tiver seis meses, a mãe pode fornecer alimentos e bebidas quentes, como sopa e leite. Porém, se o seu filho tem menos de seis meses, a mãe pode dar leite materno (ASI).

Durante as férias, a amamentação é a melhor escolha de ingestão nutricional para o bebê porque os alimentos ou bebidas comprados fora não têm garantia de serem limpos.

4. Chupando ranho de bebê

Snot muito cheio torna difícil para o bebê respirar. Para isso, as mães precisam monitorá-lo regularmente. Se o muco começar a encher, use um dispositivo de sucção especial para remover o muco em excesso. As mães também podem usar gotas nasais primeiro para ajudar a diluir o muco antes da sucção.

Este método será muito útil se o seu bebê tiver menos de 6 meses de idade. O uso é fácil, basta apertar a parte saliente da ferramenta. Em seguida, insira o conta-gotas na narina e remova a parte saliente. Automaticamente, o ranho será sugado diretamente para a ferramenta.

5. Dê um tapinha gentil nas costas do seu filho

Tapinhas suaves nas costas do bebê podem ajudar a eliminar o muco que sai do nariz. Além disso, esse método também ajuda seu filho a tossir com mais facilidade se um resfriado for acompanhado de tosse com catarro. Primeiro, coloque seu filho na coxa em uma posição inclinada e dê um tapinha gentil em suas costas. Se a criança tiver mais de um ano, a mãe pode ajudar a acariciá-la quando ele se sentar.

Tonto depois de se tornar pai?

Junte-se à comunidade de pais e descubra histórias de outros pais. Você não está sozinho!

‌ ‌